Políticas de Extensão

A LDB, no inciso VI do art. 43, estabelece como um dos objetivos do ensino superior “estimular o conhecimento dos problemas do mundo presente, em particular os nacionais e regionais, prestar serviços especializados à comunidade e estabelecer com esta uma relação de reciprocidade”. Dessa forma, a extensão poderá também ser entendida enquanto serviço que a Faculdade Pan-Americana presta à sociedade, gerando alternativas de ação que atendam às reais expectativas e problemáticas da população. É ainda um espaço fértil para o exercício e conquista da emancipação crítica tanto da comunidade acadêmica quanto da sociedade. As diretrizes que norteiam a política de extensão da Faculdade Pan-Americana são:

  • Desenvolver a extensão em todos os cursos, como um dos instrumentos de formação profissional, por constituir-se em eixo de articulação entre o ensino e a iniciação científica;

  • Compreender os projetos de extensão como um conjunto de atividades de caráter educativo, cultural ou científico, desenvolvido a partir das coordenações de cada curso, por meio de ações sistematizadas, deliberadas pelo Conselho Superior;

  • Desenvolver eventos (cursos, fóruns, congressos, seminários, viagens, semanas acadêmicas, simpósios e outros) entendidos como atividades de caráter técnico, científico ou cultural, objetivando o acesso da comunidade às diversas áreas do conhecimento humano;

  • Priorizar projetos de relevância social que venham ao encontro das reais necessidades da sociedade, sobremodo das comunidades situadas próximas às instalações da Faculdade Pan-Americana, de forma a que seja possível uma intervenção mais eficaz, bem como a mensuração dos resultados alcançados;

  • Priorizar projetos de natureza interdisciplinar que permitam a contextualização das ações em uma perspectiva global, buscando a transformação social;

  • Estabelecer parcerias com entidades e instituições da sociedade civil organizada e órgãos governamentais para a elaboração e execução de atividades de extensão;

  • Articular o ensino e a iniciação científica com as demandas sociais, referentes às áreas da educação, da gestão, da comunicação, do direito e das tecnologias da informação, buscando o comprometimento da comunidade acadêmica com os interesses e necessidades da sociedade;

  • Estabelecer um fluxo bidirecional entre o conhecimento acadêmico e o popular, buscando a produção de conhecimentos resultantes do confronto com a realidade e a democratização do conhecimento acadêmico;

  • Promover atividades de apoio e estímulo à organização, participação e desenvolvimento das comunidades, embasadas em princípios de autos sustentabilidade e do empreendedorismo;

  • Buscar nas atividades de extensão subsídios para a reavaliação dos conteúdos programáticos das disciplinas e cursos.

top
Av. Mal. Floriano Peixoto, 886 - Centro, Curitiba - PR, 80010-130  | Telefone: (41) 3353-3100
Rua Mal. Candido Mariano Rondon, 1380 - 2° piso, Centro, Campo Grande - MS, 79002-200 | Telefone: (67) 3042-1919